Notícias

Reviver tradições milenares ligadas ao rito da fertilidade e à celebração da Primavera     

A Junta de Freguesia da Torreira vai promover um Concursos de Maias e está a lançar o desafia todos os habitantes e comerciantes da vila para que participem nesta acção.

A iniciativa pretende reviver tradições milenares ligadas ao rito da fertilidade e à celebração da Primavera, retomando o costume de colocar ramos de giestas em flor, ou mesmo coroas feitas com ramos de giestas coloridos, nas portas e janelas das casas, as chamadas Maias. 

As inscrições já estão a decorrer e podem ser feitas na Junta de Freguesia da Torreira, até ao final deste mês de Abril.

A exposição, essa, decorre depois durante todo o mês de Maio e irá colorir as janelas, portas, varandas, pátios de habitações e ruas da Torreira. 

No final, as três melhores classificadas terão direito a prémios. 

 

Reviver, no tempo presente, as ambiências das feiras e mercados de outrora  

Certame terá lugar no dia 7 de Maio de 2017.               

O Cais do Bico, na Murtosa, será novamente o palco de acolhimento de mais uma edição do “Mercado Tradicional”, uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal, em parceria com algumas associações locais, que procura reviver, no tempo presente, as ambiências das feiras e mercados de outrora.

A partir das 10h00, os visitantes poderão comprar produtos da terra, utensílios e outros objectos artesanais, bem como degustar os saborosos petiscos marinhões nas tasquinhas de comes e bebes, dinamizadas pelas associações locais. 

A tarde contará com o grupo de música tradicional “Trovas à Toa”, que a partir das 15h00 animará o certame.

 

Trocas culturais permitiram um clima de aprendizagem mútua                          

(Fonte: texto/imagem-Junta de Freguesia de Avanca) 15 jovens com idades entre 18 e 24 anos chegaram de San Gregorio Magno no sul de Itália, onde participaram num intercâmbio associativo com grupos de jovens de Itália e Lituânia.

Integrando o projeto “Tão longe e tão perto”, com o apoio do programa ERASMUS Plus, jovens da Universidade de Vilnius e do Grupo folclórico local, juntaram-se aos jovens videastas de Avanca e percorreram a região. 

Desde as grutas de Angelo di Pertosa-Auletta, à arqueologia de Paestum e Buccino, os jovens dos três países participaram em inúmeras atividades, que serão a base de um vídeo criativo que agora começa a ser montado no estúdio de pós-produção do Cine-Clube de Avanca.

Tendo também visitado Roma e Pompeia, os jovens puderam ainda provar leite de burra, numa quinta de San Gregorio Magno. 

Recebidos calorosamente, as trocas culturais permitiram um clima de aprendizagem mútua e de conhecimento relacional e multicultural.

O grupo de jovens da Letónia representavam o Coro da Universidade de Vilnius “Ave Vita” tendo realizado uma bem concorrida serenata na Igreja Matriz da cidade.

Numa outra noite, foram os filmes produzidos em Avanca que invadiram as paredes da cidade. 

Ali foram projetados os filmes de animação “Foi o fio” de Patrícia Figueiredo, “A minha casinha” de Maria Raquel Atalaia, “A ria, a água, o homem...” de Manuel Matos Barbosa e “Conto do Vento” de Cláudio Jordão e Nelson Martins.

No grupo de jovens de Avanca estavam vários voluntários que anualmente organizam em julho o “AVANCA – Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia”, que este ano vai acontecer pela 21ª vez.

Alguns dos jovens escolhidos para este intercâmbio, participaram anteriormente em atividades de voluntariado na associação, tendo integrado algumas das equipas que em Avanca produzem diferentes projetos de produção cinematográfica.

O Grupo Folclórico Gregoriano de Francesco Tortoriello, na qualidade de anfitrião, dirigidos por Luigi Criscio, permitiu o melhor contacto com esta cidade da província de Salerno. 

San Gregorio Magno, tendo sido o epicentro de um forte e dramático terramoto que em 1980 destruiu grande parte da cidade, procura agora encontrar na cultura, uma nova marca caracterizadora da cidade.

 

O tema será “Estarreja com Eça” associado ao projecto de solidariedade “Tens lata?”   

A Biblioteca Municipal de Estarreja, conjuntamente com as Bibliotecas Escolares do concelho, leva a efeito amanhã, dia 31 de Março, a partir das 21h00, o “Sarau da Rede de Bibliotecas”, subordinado ao tema “Estarreja com Eça”.

O evento decorrerá no Cine-Teatro de Estarreja, local onde a leitura será comemorada, os livros subirão ao palco e as artes unir-se-ão para celebrar a vida e obra do autor Eça de Queirós, considerado um dos maiores romancistas de toda a literatura portuguesa, o primeiro e principal escritor realista português, renovador profundo e perspicaz da nossa prosa literária.

Entre música, dança, teatro e poesia, a noite está reservada para partilhar emoções com a comunidade estarrejense, através da leitura e todos os seus atraentes caminhos.

A edição deste ano associa-se ao projecto de solidariedade “Tens lata?”

O “Tens lata?”, é uma iniciativa do Grupo de Voluntariado do Agrupamento de Escolas de Estarreja, para o ano lectivo 2016-2017, e visa a recolha de todo o tipo de latas de conserva (alimentos enlatados). 

O objectivo é que os elementos da comunidade ofereçam uma lata de conserva que será, numa primeira fase, utilizada na construção de esculturas expostas em edifícios públicos durante a Semana Eco-Escolas,  a decorrer entre 2 a 5 de Maio. Posteriormente, todas as latas serão encaminhadas para pessoas carenciadas.

A Rede de Bibliotecas de Estarreja associa-se à iniciativa, solicitando aos espectadores do Sarau que troquem o seu bilhete por uma lata. O projecto espera contar com a lata de toda a comunidade para ajudar a combater a fome.

 

Pág. 1 de 49