Notícias

Dez porções de fruta e legumes por dia capazes de salvar milhões de vidas

By Publicado fevereiro 24, 2017

Recomendações para uma vida que se quer mais saudável                            

A ingestão de dez porções de fruta e legumes por dia podem salvar 7,8 milhões de mortes prematuras todos os anos e reduzir o risco de cancro, AVC e mais.

Cinco peças de fruta e legumes por dia é a recomendação para uma vida que se quer saudável. Ou se calhar o melhor é dizermos que era. Isto porque uma nova investigação, levada a cabo por investigadores do Imperial College de Londres, revela que se em vez de cinco fosse dez poderiam salvar-se milhões de vidas agora perdidas de forma prematura.

Ataques cardíacos, acidentes vascular cerebrais (AVC) ou cancros são algumas das doenças que o aumento da ingestão de fruta e legumes seria capaz de travar, avança o estudo, que olhou para 95 trabalhos realizados anteriormente sobre o tema, com mais de dois milhões de pessoas, para chegar a esta conclusão.

É um facto que as cinco porções até aqui recomendadas ajudam a melhorar a saúde e a reduzir o risco de doença. Mas o benefício seria maior se o consumo chegasse às 800 gramas diárias, o que equivale a qualquer coisa como oito porções (isto se cada uma pesar cerca de 80g).

A equipa de especialistas estima que se possam prevenir, em todo o mundo, cerca de 7,8 milhões de mortes prematuras todos os anos, isto se as pessoas consumirem 10 porções de fruta ou vegetais por dia. Quantidade que, revelam os investigadores, está associada a uma redução de 24% no risco de ataque cardíaco, de 33% no caso dos AVC, de 28% no que diz respeito às doenças cardiovasculares, de 13% nos de cancro e de 31% nas mortes prematuras. Isto quando se compara com aqueles que não comem nenhuma porção.

Maçãs, peras e espinafres

A equipa analisou também o tipo de fruta e legumes mais indicados para a prevenção das doenças atrás referidas. E concluiu que as maçãs, peras, citrinos e vegetais de folhas verdes escuras, tais como os espinafres, aos quais se juntam os brócolos ou a couve-flor são os mais indicados para reduzir o risco de problemas futuros.